TRABALHO CONJUNTO

Prefeitura de Toritama, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros assinam TAC para melhorar organização e segurança dos eventos ao longo de 2024

Reforço na segurança pública visa garantir o controle dos horários de encerramento dos shows, facilitar a dispersão do público e evitar as ocorrências delituosas.

03/05/2024 - Levando em consideração que o município de Toritama, no Agreste Setentrional do Estado, realiza festas populares de grande envergadura ao longo do ano e que nos anos anteriores ocorreram situações de risco, em face da falta de controle em relação ao horário do encerramento dos shows, a Prefeitura de Toritana firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) perante o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), no sentido de adotar medidas necessárias para melhorar a organização e a segurança das festas.

A Polícia Militar (PMPE), o Conselho Tutelar, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o 2° Grupamento do Corpo de Bombeiros (2° GB) também assumiram compromissos para garantir a segurança pública, defesa das crianças e adolescentes, dentre outros aspectos relevantes para a sociedade, durante as programações artísticas e culturais de festividades como as da padroeira do município (08 de dezembro, Nossa Senhora da Conceição), festejos juninos, Natal e aniversário do município (29 de dezembro), dentre outros eventos que concentram expressiva quantidade de pessoas da cidade e região circunvizinha.

A Promotora de Justiça da Comarca de Toritama, Wanessa Kelly Almeida Silva, ressalta a necessidade de reforço na segurança pública para garantir o controle dos horários de encerramento dos shows, facilitar a dispersão do público e evitar as ocorrências delituosas, como registradas nos anos anteriores. Esses fatos, de acordo com a Promotora de Justiça, demandam maior cautela do poder público e do aparato de segurança pública nesses períodos.

O teor do TAC, que estabelece medidas para promover a organização das programações artísticas e culturais, e a melhoria na segurança em todos os eventos promovidos ou autorizados pela Prefeitura de Toritama ao longo de 2024, pode ser consultado na edição do Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) do dia 02 de maio de 2024. 

O documento é assinado pelos prefeito do município, Edilson Tavares de Lima; secretário de Cultura e Esportes de Toritama, José Adjailson da Silva; o Comandante do 24º BPM, Tenente-Coronel PM José Pedro Farias Júnior; o Chefe da Delegacia da PRF, Hélio Davino de Melo; e o Comandante do 2° Grupamento do Corpo de Bombeiros, 2° Tenente QOC/BM, Fagner Fontes de França. 

Últimas Notícias


DIREITOS FUNDAMENTAIS
Corregedoria Nacional do Ministério Público está em Pernambuco para acompanhar 148 unidades do MPPE
O foco da correição são as Promotorias com atuação na promoção de direitos fundamentais.

21/05/2024 - A Corregedoria Nacional do Ministério Público abriu formalmente hoje (21), no Recife, os trabalhos da Correição Temática de Direitos Fundamentais em 148 unidades do Ministério Público de Pernambuco (MPPE). As atividades seguem até a próxima sexta-feira, acompanhando o trabalho de Promotorias de Justiça em 12 municípios pernambucanos.

De acordo com o corregedor nacional,  ngelo Fabiano da Costa, o trabalho da correição busca imprimir, ao mesmo tempo, um caráter educativo e fiscalizador no diálogo com os integrantes do MPPE.

"A ideia é fomentar essa atuação em prol dos direitos fundamentais, a fim de que o Ministério Público de Pernambuco preste um melhor serviço para a sociedade. Então vamos acompanhar como está a atuação dos colegas em temas como a violência doméstica, crimes contra a população LGBTQIAPN+, proteção das crianças e adolescentes, enfrentamento às organizações criminosas, proteção de dados pessoais, dentre outras temáticas", detalhou  ngelo Fabiano da Costa.

Ele ressaltou, ainda, que a atividade correicional está em constante aprimoramento. "A Corregedoria Nacional faz um trabalho de descoberta e aperfeiçoamento constantes. A possibilidade de trabalharmos por meio de correições temáticas foi um avanço, e estamos aqui, em Pernambuco, trazendo outra novidade, que é a correição de 36 unidades pela modalidade virtual. Trabalhando dessa maneira, podemos racionalizar o trabalho e o uso dos recursos", complementou.

O Procurador-Geral de Justiça do MPPE, Marcos Carvalho, explicou que a equipe da Corregedoria Nacional está sendo recebida com "alegria e espírito colaborativo".

"Temos muito trabalho em andamento para mostrar e as orientações de melhoria que recebermos serão respeitadas. A temática dos direitos fundamentais é muito necessária e demanda atuação destacada dos membros e membras do Ministério Público perante um país com tantas desigualdades, como é o Brasil", reforçou.

Por fim, o Corregedor-Geral do MPPE, Paulo Lapenda, destacou a interação qualificada entre o órgão e sua contraparte nacional.

"Tivemos, por exemplo, a honra de convidar o Corregedor nacional para dialogar na turma de dez novos Promotores de Justiça em início de carreira, trazendo assuntos centrais que estamos discutindo com as demais Corregedorias do MP brasileiro. Isso reforça o caráter educativo e de orientação dos órgãos correicionais", concluiu.

Abertura da Correição CNMP

ENCONTRO GERACIONAL
Em sua terceira edição, iniciativa do MPPE, Prefeitura de Palmares e Abrigo São Francisco de Assis, cria e fortalece laços entre pessoas idosas acolhidas e estudantes, por meio da arte
O encontro ocorreu na sede do Centro de Treinamento São João XXIII, da Diocese de Palmares.

21/05/2024 - Por meio da arte e da troca de vivências, estudantes de escolas municipais de Palmares e pessoas idosas que vivem no Abrigo São Francisco de Assis estão construindo e fortalecendo laços de fraternidade.

Esse é um dos objetivos do Encontro Geracional de Palmares, que realizou na última quinta-feira (16) sua terceira apresentação de trabalhos artísticos. O encontro ocorreu na sede do Centro de Treinamento São João XXIII, da Diocese de Palmares.

Criado em 2021, o Encontro Geracional pretende aproximar a vivacidade de  crianças e adolescentes e a experiência de pessoas idosas acolhidas na instituição de longa permanência de Palmares.

Para tanto, são programados pré-encontros em que idosos e estudantes desenvolvem, semanalmente, atividades de culinária, jardinagem, contação de história, pintura, dança e canto, a partir de potenciais individuais identificados. Este ano, foram 58 (cinquenta e oito) pessoas idosas e 75 (setenta e cinco) estudantes (crianças e adolescentes) envolvidos.

De acordo com a 1ª Promotora de Justiça Cível de Palmares, Carolina de Moura, o Estatuto do idoso (art.3º, IV) prescreve a viabilização de formas alternativas de participação, ocupação e convívio da pessoa idosa com as demais gerações. Então, assim, pode-se dizer que “O encontro geracional é uma iniciativa de sucesso. Graças ao engajamento dos parceiros, é possível efetivar o Direito à prioridade absoluta e à convivência comunitária relativo às pessoas idosas”, destacou a Promotora de Justiça.

Para as pessoas idosas, a participação no Encontro Geracional trouxe ganho de autoestima, além de uma troca de experiências com as crianças e adolescentes.

"O que a gente vê é uma expectativa, inclusive, para o quarto encontro. Isso faz com que a gente tenha certeza que eles se sentem protagonistas de suas histórias e aptidões artísticas, renovando-se no convívio com os mais jovens ", complementou Carolina de Moura.

Do ponto de vista dos estudantes a experiência traz uma oportunidade de ter contato com outras perspectivas de vida e desenvolver o sentimento de empatia, como explica a Secretária de Educação de Palmares, Elizângela Neves.

"Não dá para a gente falar em um mundo melhor sem o acolhimento dos nossos idosos. Momentos como esse, de troca de afeto e de experiências, têm um papel pedagógico muito importante. Percebi, durante o acompanhamento do projeto, que de fato há um exercício de se colocar no lugar do outro, especialmente quando falamos da pessoa idosa, que representa o futuro de todos nós", afirmou Elizângela Neves.

Já a Secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania de Palmares, Raquel Melo, pontuou a importância da valorização dos idosos que vivem em abrigamento, tendo em vista que a separação do convívio familiar geralmente está ligada a uma situação de vulnerabilidade social.

"É muito gratificante ver esse convívio. Eles se sentem úteis, valorizados, não apenas hoje mas nas oficinas semanais, durante as atividades. Esse contato permite aos idosos interagir, conviver e passar suas histórias de vidas e suas sabedorias", ressaltou.

Coordenador do abrigo São Francisco de Assis, o padre Tadeu Rocha destaca que o contato com os estudantes representa, para os idosos, uma volta ao passado, que faz com que ele se fortaleça.

“Desde março, quando começaram os encontros desse ano, eles tomaram um novo vigor, uma nova alegria para as atividades, inclusive as escolares, por exemplo, já que temos no abrigo uma turma de educação de jovens e adultos (EJA). E por isso buscamos cada vez mais esse tipo de encontro, que integra esses dois públicos. É uma realização ver crianças que vão para o abrigo e conversam com idosos com familiaridade, como se os tivessem adotado como mais uma avó ou mais um avô”, complementou.

Durante o evento, as pessoas idosas e os estudantes cantaram, em forma de coral, tocaram instrumentos musicais (com o destaque para o pandeiro), declamaram poesias, foram entrevistados (contação de histórias), apresentaram resultado da plantação de mais de 60 (sessenta) mudas, alocadas em pequenos vasos e distribuíram doces (marshmalows), carinhosamente construídos na cozinha do abrigo para todos os convidados.

Encontro intergeracional da Promotoria de Palmares

INFÂNCIA E JUVENTUDE
Coordenadora do CAO IJ participa de eventos contra abuso sexual infantil

21/05/2024 - A Promotora de Justiça e Coordenadora do Centro de Ação Operacional de Defesa da Infância e Juventude do Ministério Público de Pernambuco (CAO Infância e Juventude/MPPE), Aline Arroxelas, participou recentemente de três importantes eventos que abordaram o combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.

No dia 14 de maio, a Promotora Aline Arroxelas foi convidada pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) para participar do seminário "É problema nosso sim! - Prevenção e resposta à violência sexual contra crianças e adolescentes". Na ocasião, a Promotora participou do painel “Enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes e fluxo de encaminhamento dos casos”, destacando importância da prevenção e da resposta rápida e eficaz à violência sexual.

A Coordenadora do CAO-IJ também esteve presente no II Fórum de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes em Fernando de Noronha, no dia 16 de maio. Durante este evento, ela palestrou sobre o tema "Enfrentamento à violência sexual: fluxos de encaminhamento de casos e o Sistema de Justiça", abordando os procedimentos e a colaboração entre diferentes órgãos do sistema de justiça para garantir uma resposta coordenada e eficiente aos casos de violência sexual.

Por fim, no terceiro evento, intitulado "Estratégias para o enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual contra crianças e adolescentes: Escuta Especializada e Depoimento Especial como mecanismos de combate à Violência Institucional", ocorreu no dia 20 de maio. Organizado pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), em parceria com a Coordenadoria da Infância e Juventude e o Centro Dom Hélder Câmara de Estudos e Ação Social (CENDHEC), o encontro discutiu métodos eficazes para escutar e coletar depoimentos de crianças e adolescentes vítimas de violência, visando minimizar o trauma e fortalecer a resposta institucional.

Participação da Promotora Aline Arroxelas em eventos sobre o Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Roberto Lyra - Edifício Sede / Ministério Público de Pernambuco

R. Imperador Dom Pedro II, 473 - Santo Antônio CEP 50.010-240 - Recife / PE

CNPJ: 24.417.065/0001-03 / Telefone: (81) 3182-7000